Saudades da Safari reúne DJs e amantes da equipe de som que revolucionou o Rio


Aconteceu no domingo, 27 de agosto de 2017 o segundo encontro dos amigos da Safari, que reuniu dezenas de amigos e muitos DJs que fizeram parte da lendária equipe de som liderada pelo cara que revolucionou o jeito de trabalhar com música na zona norte do Rio de Janeiro, Pedro Riccioppo, ou como é carinhosamente chamado até hoje, ´Pedrinho da Safari´.

DJs, amigos e amantes da Safari / foto de Mari Oliver
A Safari acontecia aos domingos (e vésperas de feriado) no Olaria Atlético Clube, um dos melhores clubes da zona norte da cidade e reunia algo em torno de seis mil pessoas por edição, divididas em vários ambientes, indo do rock ao pagode, passando pela MPB e o salão nobre, onde rolavam os hits do momento, que começaram lá nos anos 1970 com a Disco Music, indo para o Melody, Freestyle ou Miami Bass nos anos 1990 até finalmente encerrar as atividades, há 19 anos.

DJ Maninho, o anfitrião da festa / foto de Luck Veloso

A festa teve como anfitrião o DJ Maninho, que frequentou muitos bailes promovidos pela Safari e muitos DJs que tiveram a honra de trabalhar para Pedrinho, entre eles, este que vos escreve. Estiveram presentes ainda grandes nomes das pick ups como Fernandinho DJ, Paulinho, Miranda DJ, Jorginho, William Paulista, Ronney, GordinhoSerginho Thedo e mais uma galera das boas!

O lendário DJ Fernandinho apresenta Pedrinho à festa / foto de Luck Veloso

Um dos mais aguardados da noite foi Jameson Rangel, que na época era mais conhecido por DJ Naná. Jameson inclusive teve papel fundamental no começo dos meus trabalhos como DJ, mas isso conto em outro post. Com técnica e carisma sempre impecáveis, apresentou seu set recheado de grandes clássicos, sempre com mixagem impecável. O encontro teve como proposta veicular músicas que foram lançadas entre 1978 e 1986, privilegiando a Disco e o Funk Music.

Jameson Rangel, o DJ Naná e suas mixagens perfeitas! Foto de Luck Veloso
Fui convidado um tanto em cima da hora pelo também DJ Ronald, que trabalhou comigo na Safari e depois de minha seguida ainda seguiu na equipe por cinco anos e logo que confirmei minha ida, tratei de ´perturbar´ o fundador da história toda, Pedrinho, para que comparecesse ao encontro e fizesse a alegria daqueles que, mesmo após 19 anos do encerramento das atividades, seguiam amando o trabalho que ele havia iniciado. Em breve e emocionado discurso, Pedrinho relembrou a célebre frase "Tem que aturar", que ele fazia ecoar por vários bairros da zona norte, anunciando os bailes aos domingos e falou da época mágica em que viveu e que proporcionou a todos os presentes.
A Igreja de Nossa Senhora da Penha a abençoar o dia perfeito / foto de Luck Veloso
O encontro foi feito na casa do DJ Maninho, que é praticamente um santuário da boa música, com seu super painel de estrelas mundiais e um visual deslumbrante do bairro de Olaria visto de cara para a lindíssima Igreja de Nossa Senhora da Penha, que bem em frente, parecia abençoar e conferir uma aura ainda mais mágica a todo o acontecimento, ocorrido em um lindo domingo de sol. O evento foi a prova de que boas ideias, quando executadas com amor, persistem à ação do tempo e se perpetuam como sementes que renovam a esperança no coração de quem ama a música em suas mais variadas segmentações. Parabéns a todos os envolvidos e que venham os próximos!

Saudades da Safari reúne DJs e amantes da equipe de som que revolucionou o Rio Saudades da Safari reúne DJs e amantes da equipe de som que revolucionou o Rio Reviewed by Luck Veloso on 20:39 Rating: 5
Postar um comentário

Join Us