Emil Schulz, responsável pelas capas do Kraftwerk em debate no Reading Fringe Festival

Emil Schulz - responsável pelas capas do Kraftwerk / divulgação
A Alemanha produziu muitas coisas superinteressantes e não somente a parte mais horrorosa da guerra, como todos sabemos. Além do delicioso Chucrute, o país também é berço dos pais da música eletrônica mundial, o grupo Kraftwerk.

Conhecido mundialmente, o Kraftwerk, formado originalmente pelos músicos Ralf Hütter e Florian Schneider junto a Wolfgand Flür e Karl Bastos escreveu a base da música eletrônica mundial. O grupo teve outros integrantes, porém é esta a formação oficial, reconhecida mundialmente.

Para um grupo tão icônico quanto o Kraftwek (muitos os comparam aos Beatles em termos de influência global), uma imagem tão forte quanto é necessária para servir como assinatura e identidade. Para esta super tarefa, o nome escalado foi o de Emil Schult.

O artista é responsável por inúmeras capas de discos clássicos do Kraftwerk e participará na sexta-feira, 21 de julho, de um encontro no Reading Fringe Festival, no Reino Unido, relatando fatos de sua experiência como artista gráfico e ainda, lançando seu livro “Fluxus to Future – Works 1967 – 2017”, que cobre toda a carreira do artista e os primeiros passos do Kraftwerk. Para quem estiver no Reino Unido nesta semana, a programação é obrigatória!

Para mais informações e ingressos para o Reading Fringe Festival, acesse o link abaixo:

http://readingfringefestival.co.uk/

Acesso o link a seguir para conhecer mais sobre o rico trabalho de Emil Schulz:


Emil Schulz, responsável pelas capas do Kraftwerk em debate no Reading Fringe Festival Emil Schulz, responsável pelas capas do Kraftwerk em debate no Reading Fringe Festival Reviewed by Luck Veloso on 12:05 Rating: 5
Postar um comentário

Join Us