Tenda Eletrônica do Rock in Rio receberá entre novidades, o papa The Grandmaster Flash

Rock in Rio Tenda Eletrônica / foto de Luck Veloso
Seguindo com a sequência de posts sobre as atrações da pista eletrônica do Rock in Rio, falarei sobre a segunda noite do festival, 16 de setembro, que abre recebendo João Brasil, que iniciou a carreira como cantor mas após emplacar o hit “Moleque Transante” em uma novela da Rede Globo, aderiu de vez às produções. 
João Brasil / foto de divulgação

Outro grande sucesso é “Nunca mais eu vou dormir”, ou seja, logo na abertura o set já terá um forte apelo popular para quem estiver chegando ao evento, ajudando a distrair as pessoas enquanto os amantes dos verdadeiros sons eletrônicos ainda chegam.

Zeh Pretim e Zédoroque / foto de divulgação

Em seguida, a pista abre espaço para a música do ZZ´s (Zeh Pretim e Zédoroque), dupla que desbravou espaço na noite carioca inicialmente, onde misturam ritmos latinos às produções, dando uma apimentada de responsa na segunda noite.

Djs Marky e MauMau / fotos de divulgação

A terceira apresentação da tenda eletrônica no dia 16 será um B2B (back to back) entre os super DJs Marky e Mau Mau.  Será o ataque do Drum And Bass classudo de Marky, que já rodou o mundo mostrando sua incrível perícia junto às pick ups Technics SL 1200 MK2 e em seguida, Mau Mau, que é um dos mais renomados DJs da cena paulistana. Prepare-se. Quem já viu os dois ao vivo sabe do que falo!
The Gaslamper Killer / foto de divulgação

Quem emenda na tenda é o produtor William Benjamin Bensussen, ou The Gaslamp Killer. Nascido na Califórnia, teve como base a cena de bares do chamado Gaslamp Disctrict´s, daí seu codinome. Espere de tudo no set do cara, de dubstep a hip hop, com samplers de batidas acústicas e melodias levemente psicodélicas. Aviso aos navegantes: Não espere um set redondo, no estilo 4 por 4. Há uma enorme gama de influências e ritmos. Está tudo lá, no mesmo caldeirão para te proporcionar a viagem perfeita!

The Grandmaster Flash - o baile vai ferver!




Encabeçando a segunda noite do festival, vem o pai de todos, The Grandmaster Flash! Se houve ´baile funk´ no Brasil durante os anos 70, esse cara foi o pai, acredite. O super hit “White Lines” (1983), que depois ganhou o acréscimo de ´Don´t do it´ remetia ao estilo de vida tendo como base a cocaína e as reações ao seu uso, porém para tornar a música algo vendável, acrescentaram a frase ´não faça isso´, convertendo a composição em uma canção anti-drogas. Sim, é a mesma música que o Duran Duran costuma tocar em seus shows.


The Grandmaster Flash
pode ser considerado o pai do mashup, pois já os fazia ao vivo no começo dos anos 1980, meslclando várias músicas rapidamente, uma na sequência da outra, resultando em um grande mix cheio de citações, conforme você pode conferir na faixa “The Aventures of Grandmaster Flash on The Wheels of Steel”, onde o cara costura de Chic (Good Times) a Queen (Another One Bites The Dust) , utilizando a mesma base como cama. Será a genialidade dos toca discos ali bem em frente a você. Não beba muito e aproveite a história que vai se derramar pelas caixas de som!

Confira aqui o que vai rolar no dia 17 de setembro!

Você também pode gostar:

0 comentários

Mais vistos

Arquivo