O Boticário: sacudir a sociedade com espetadas morais

Toda vez que uma cabeça do marketing faz um gol 'de placa' eu comemoro. O cara que pensou essa campanha do Boticário, inserindo sutilmente e com propriedade os casais gays na chamada, o que aliás é uma realidade inegável do cotidiano, o fez com a certeza de que provocaria esse enorme alvoroço. Bingo! É muito bom sacudir a sociedade com espetadas morais, jogando luz onde há uma purpurina velada, onde quem diz aceitar e apoiar, logo em seguida afirma que não comprará produtos que apoiam a causa. A causa é legítima, é humana e, sinceramente, já está mais do que na hora de passarmos a nos preocupar com problemas reais e não com o amor alheio. Na foto, Astolfo Barroso Pinto, vulgo Rogéria. Excelente dia!

Você também pode gostar:

0 comentários

Mais vistos