Changes... ch ch changes... Grecia


Mar da Grecia, 06/06/2010 - 04:44 (horario local)

Nao tem jeito, eu deveria ter fechado a noite as três da manha mas sao quase cinco e sempre estico depois que todos vao embora…. Fazer o que? Eh difícil trabalhar com o que vc ama, no meu caso, musica. Quando todos se vao, tenho a oportunidade de ouvir tudo o que desejo em um som potente, sozinho, tomando minha cerveja tendo o mar grego como única testemunha. Nao ocular porque mar nao tem olho, mas êh esse o clima. A boite, as janelas me mostrando o mar e no som, o que eu quiser… que maravilha… Por isso nao consigo vir dormir cedo. Nem em casa eu conseguia, imagine aqui com todo esse som e visual… difícil.

A vida êh realmente uma caixinha de surpresas. Tivemos uma reunião hoje para sabermos as novidades que andam ocorrendo no navio. Quando entrei aqui conheci o Cruise Director, que na verdade me pareceu um tanto fechado para o cargo, mas eu nao sabia quem ele era. Um uruguaio com cara de brasileiro, que inclusive me lembra um amigo DJ chamado Lugarino, mas isso êh outra historia. Nao fui com a cara dele. Como as coisas mudam… Meu primeiro dia na Disco (se lembra? êh como chamam a boite daqui) nao foi dos melhores. Todos queriam ouvir musica espanhola e eu so tinha hits americanos para tocar e um punhado de musica espanhola selecionada por amigos. Como se diz por aqui, fucking shit! So coisa que nao rolaria….

Pois bem, esse cara, que nao quero citar o nome, me socorreu logo no primeiro dia. Fiquei apavorado, confesso. Varias pessoas me pedindo salsa, merengue e reggaetown, incluindo também Bachata e outros ritmos que eu nao fazia idéia. Pensei, meu Deus, to ferrado. Mas a humildade êh uma arma poderosa quando bem utilizada. Liguei para o chefe técnico, que êh a quem respondo aqui e abri o jogo, falei que ia ser foda fazer o som por aqui porque eu simplesmente nao tinha material suficiente, fora chamado pra Europa super em cima da hora e fiz uma pesquisa de uma semana, entre vários exames e compras de roupa. Resumindo, tava fudido. Neste momento da historia, que entra o cruise director. O cara já tinha passado por vários estágios dentro da companhia, de técnico de luz, DJ ate chegar finalmente a posição de diretor, ou seja, ele sabia o que eu estava passando.

Fui tranqüilizado com uma Coronita, que êh uma cerveja mexicana bem gostosa, servida com limão aqui no navio. O diretor me pediu para relaxar, sentar um pouco, fumar um cigarro (nem fumo!) que tudo ficaria bem. Mas tudo isso com a cara mais fechada do mundo. Pensei, legal, tudo ficara bem, ele vai me mandar de volta pra Brasil e haverá outro DJ no meu lugar, tudo ótimo rsrsrs. O resumo da opera êh que o cara encheu a pista e me deu tudo de presente, as musicas, a seqüência e tudo o que eu precisava para me manter vivo em uma pista de dança européia no meio do mar, tendo como 'dançarinos', vários espanhóis com idades variando entre 20 e 70 anos… Uma tarefa complicada, devo dizer, pois os mais velhos querem sempre ouvir sevilhanas e bachata e os mais novos, outras coisas mais contemporâneas.

Dei voltas e nao expliquei porque citei o cruise diretor. Aconteceu que hoje fiquei sabendo que o cara, que ajudou a todos e faz de tudo para que todos estejam se sentindo bem foi demitido (!!!). O motivo? Provavelmente isso, o fato de se dar bem com todos e ser amigo e amável quando precisa ser, ou seja, ha companhias que nao precisam de seres humanos mas somente de maquinas para estarem no comando. Ninguem queria que ele fosse embora, o povo pensou em fazer uma carta assinada, aquelas coisas, um protesto mesmo, mas resumindo o que foi dito em uma reunião, nao ha como, simplesmente as empresas trabalham em cima de números. Se teu numero nao corresponde as expectativas da empresa, ela simplesmente te corta (como a um galho velho) e te substitui por outro. Eh assim, nas empresas e na vida ( na maioria dos casos ).

Fiquei triste porque logo depois do terceiro dia, comecei a ir com a cara do diretor, que parecia ter construído uma capa em volta de si para pura proteção, mas aquela cara um tanto feia, nao passava de couraça desfarcada e todos sentiram a noticia. O que pintou foi um clima de total incerteza, com vários rumores, gente especulando sobre a vinda do novo diretor de cruzeiro e com medo de fazer planos para o futuro. Passado o susto, achei ate engraçado ver aquele bando de gente talentosa pra cacete pensando em meio a uma reunião trabalhista tendo ao fundo invadindo pelas janelas um visual incrível do mar grego e suas ilhas em volta, tudo isso passando pela janela sem que ninguém percebesse enquanto lutavam com a mente pensando em uma possível solução. Abstrai. Nao vou passar minha vida em um navio, com certeza, entao nao fiz questão de comprar o barulho como se tivesse perdido um filho. A vida êh assim, em um momento estamos aqui lindos e maravilhosos e daqui a pouco, fudeu, alguém nos puxou o tapete. Devemos observar.

A partir de hoje sera um novo dia, outras pessoas, outro clima e com certeza, outras regras, mas que para mim nao mudarão muito, pois estou aqui para trabalhar e com certeza, ser feliz, e isso tenho conseguido, nos dois sentidos, embora morra de saudade de todos no Brasil, mas ha um perco a pagar para tudo na vida, faz parte. So acho que europeus sempre querem se dar bem… quando fui receber meu dindin, me pagaram em Dolar e nem olhei, enfiei a mao no bolso e guardei tudo. Quando fui tomar uma cerveja em um super lounge em Hericlos percebi que nao tinha Euro no bolso e paguei mico, sendo salvo por Florent, o chefe técnico que estava comigo na rua. Reclamei e vao reparar o erro amanha. Dai tem uma lição. Nada êh o que vc pensa que êh e ninguém faz o que vc espera que facam, portanto, olho vivo porque a rede pode estar furada. See ou!
Changes... ch ch changes... Grecia Changes... ch ch changes... Grecia Reviewed by Luck Veloso on 10:53 Rating: 5
Postar um comentário

Join Us