Depeche Mode em alto mar

Mar grego, a caminho de Mikonos - 27/05/2010 - 13:20

Hoje me bateu uma certa nostalgia musical. Agora, logo apos o almoço, vim para o meu canto, minha escrivaninha (quase) particular, uma mesa do restaurante onde observo o mar enquanto escrevo. Me acalma e faz bem. Ando um pouco cansado de ouvir muita coisa latina, como já falei, entao neste momento me dei alguns minutos de presente ouvindo minha banda predileta. Depeche Mode. Escolhi uma musica aleatoriamente e caiu em 'Freestate', do excelente álbum ' Ultra', lançado em 1997. Naquela época, ouvi este disco a exaustão (assim como faço com quase todos os lançamentos do DM). As letras e melodias de Martin Gore aliadas ao vocal dramático de David Gahan tornam tudo o que eles fazem quase uma obra de arte. As camadas leves de guitarra repetitiva e os overdubs sao hipnóticos, dando sempre um gosto de querer ouvir mais alguma coisa.

Ja que estamos no Ultra, vamos de "The Botton Line", outra canção belíssima e soturna, como somente esses caras sabem fazer. Para quem nao conhece Depeche Mode, pode soar um tanto depressivo, mas êh somente uma questao de interpretação. Para mim, Depeche Mode sempre representou renovação, inovação e forca, êh assim que me sinto quando ouco suas musicas e melodias. Como ficar triste com uma letra como esta: "I'm yearning, I'm burning, I feel love's wheel turning"? Impossivel. I follow you! Agora, aqui no mar grego, a caminho de Mikonos, penso em como êh bom estar vivo e poder curtir sons como este. Quando sonhamos, temos uma vaga impressão que tudo o que desejamos acontecera realmente, e foi assim comigo, sempre. Quase tudo o que sempre quis, tive, por isso tenho ousado sonhar com coisas maiores, pois já que elas sao realizáveis, por que ficar pensando pequeno? Quando fiz meu primeiro trabalho em navio no carnaval, falei para mim mesmo que o faria na Europa, seria apenas uma questão de tempo. Achei que demoraria mais e entao, apenas dois meses depois, fui chamado para tocar aqui, entao isso confirma que sim, devemos sempre pensar forte sobre o que desejamos, o universo conspira sempre em favor.

"Sweetest Perfection", do álbum Violator foi minha eleita agora para ajudar a fechar este post. Alias, o Violator tem peso fundamental na minha vida. Foi um dos álbuns mais importantes também na carreira do Depeche Mode, pois dele veio o mega hit "Enjoy The Silence", que ajudou a mudar a cara da banda para algo mais complexo, apos o sucesso mundial de "Strangelove", em 1987. Em 1990, ano de lançamento do Violator, desisti da Marinha e como se diz na gíria, meti o pê pra casa. Ironia ou nao, ca estou eu de volta aos navios, sendo que desta vez, ao invés de ter que acordar as quatro da manha, vou dormir todos os dias as cinco, logo apos fazer centenas de pessoas dançarem. Eh a inversão da vida e devemos estar preparados para estes contrapontos. Agora sim, ouco a saideira antes do meu treinamento. Nao sei se consigo eleger uma musica mais bonita do DM mas "Halo" certamente êh uma das mais emocionantes. Procure ouvir estes dois discos pelo menos, Ultra (1997) e Violator (1990) e depois, pode me chamar de qualquer nome se eu estiver errado em relação a achar que o Depeche Mode certamente êh a melhor banda de musica eletrônica inteligente (acabei de cunhar o termo) do planeta. Nossa, começou a tocar agora "Policy of Truth"… difícil desligar mas tenho que ir ao treinamento, alias, esta e a política da verdade.

Musicas deste post:

Freestate, The Botton Line, Sweetest Perfection, Halo - Depeche Mode.
Depeche Mode em alto mar Depeche Mode em alto mar Reviewed by Luck Veloso on 14:26 Rating: 5
Postar um comentário

Join Us