A conta do tempo

Ando um pouco longe das palavras e um tanto mais perto da economia, pos isso o intervalo entre o ultimo post e este, mas a vida vai nos dando tantas alternativas que e preciso estar atento para aproveitar cada momento, cada sinal... Recentemente me aconteceu uma coisa super curiosa. Ha tempos que venho pensando em uma maneira de poupar... logo eu, eximio gastador... e algumas pessoas conhecidas que trabalham em corretoras comecaram a me sondar para iniciar investimentos. Relutei pois, confesso, nao entendia naaada de acoes, mas o assunto sempre me despertou curiosidade. Entre um convite e outro, eu sempre recusando, eis que uma tarde me vi transmitindo uma palestra de uma das empresas que haviam me convidado. Fiquei surpreso e achei um sinal. Finquei o pe e ca estou eu, agora, adentrando no mundo das acoes.

O mundo dos numeros e fascinante e agora to descobrindo isso de uma maneira nova, inteligente e quase musical... Por isso que sempre gostei de Money, do Pink Floyd. Nao sabia que anos depois este seria um tema que eu iria adotar. Nunca fui tao mercenario, mas sempre gostei de ganhar a minha grana, embora considere que comecei a trabalhar um tanto tarde, la pelos 17 anos, mas nao me arrependo. Meu periodo de vadiagem que incluia varias tardes nos chamados fliperamas (hoje sao as lan houses), danceterias, shows e muitos, muitos muros pixados (sim, fui pixador, infelizmente nao grafiteiro) e hoje em dia tudo isso parece tao distante que e ate gostoso relembrar.

Agora, alem de ler Rolling Stone, Billboard, QMag, e Trace, leio tmb Isto e Dinheiro, Acao e Marketing e outras publicacoes do genero. Faz bem e nos ajuda a despertar para uma consciencia mais economia e voltada para o futuro. Gostaria que as novas geracoes tivessem este tipo de criacao, pois seriam certamente muito mais realizadas e felizes. Dinheiro sempre teve haver com musica e vice versa, porem parece que os brasileiros tem medo, vergonha ate de comecar a aprender a ganhar dinheiro. Sugiro que facam a rota ao contrario. A musica ficara muito mais suave, o vinho muito mais prazeroso e as noites muito mais gostosas com um pouco mais de capital, acredite! E ate quando te convidarem para curtir algo que nao seja muito de seu agrado, podendo contar com mais verba, tudo sera mais facil de digerir...

Você também pode gostar:

0 comentários

Mais vistos