radiocultfm.com


Durante muitos anos fomos obrigados a ouvir o que as grandes corporações queriam dizer através de inúmeras rádios comerciais. Claro que houve várias tentativas de fugir deste contexto ditador. Programas pioneiros foram criados por maravilhosos DJs que nos mostravam que havia muito mais por trás daquilo tudo, daquela programação ´redondinha´. Quem pegou a época de Monsieur Limá(pronunciava-se Messiê Limá - foto) sabe o que era ser criativo e inovador. Muito tempo depois, vieram nomes como Marcelo ´Memê´ Mansur que, mesmo operando em rádios comerciais, sempre procurava ser diferente em suas programações e mixagens.

Aprendemos muito com estes inovadores profissionais. Isso em termos de Brasil. Lá fora, os pioneiros foram Alan Freed, Wolfman Jack e outros que teimaram em não seguir o que lhes era obrigado a dizer e a tocar. Outro importante nome lá de fora é sem dúvida Dewey Phillips, aproveitando agora a época de comemorações por conta do aniversário do rei do Rock, Elvis Presley, Phillips foi o primeiro DJ a acreditar no branquelo rebolante, tocando seu som ainda em 1954, época em que Elvis ainda não representava muita coisa.

Voltando os olhos para o Brasil, por aqui temos ainda até hoje o pioneiro dos pioneiros, o mestre José Roberto Mahr, que sempre inovou em suas programações, fazendo a mescla de rock e eletronico, propondo sempre novas sonoridades e nos apresentando o que era lançado em outros países. Em tempos ainda sem internet, ouvir o programa ´Novas Tendências´ era como estar com uma antena para o mundo. Como teríamos conhecido New Order, The Smiths, Depeche Mode, Kraftwerk, Cocteau Twins e afins se não pelas mãos de JR Mahr através da Fluminense ´Maldita´ FM? Difícil. Outros nomes inovadores como Halley Seidel, que mostra seu techno vindo da Baixada Fluminense para o mundo, tendo se apresentado inclusive em Berlin, no Tresor, templo do techno mundial, CJ Ricco, produtor de música eletronica ainda sem o merecido reconhecimento, Rodrigo Ardilha e Rafael Setta, Fábio Machado com seu requintado Drum and Bass e muitos outros amigos que gastaríamos horas para listar aqui.

Hoje em dia basta um clique e vc está com o ouvido atento ao mundo. Pensando nisso, eu, Luck Veloso e André Luiz Costa criamos a radiocultfm.com, que ainda não está no endereço definitivo mas pode ser ouvida aqui neste humilde blog. A proposta é exatamente esta, dar continuidade aos trabalhos dos pioneiros, mesclando sons que nao são tão facilmente comercializáveis, abrindo portas para clássicos e ainda, lançamentos, pois, como diria Elis Regina, queira você ou não, o novo sempre vem! Enjoy!

Você também pode gostar:

0 comentários

Mais vistos

Arquivo